Carregando...
54-30281231
54-999330671

Últimas notícias

Preços de venda de imóveis residenciais ficam estáveis
12/03/18


Variação média do preços de venda foi de -0,05% no mês. Nos últimos 12 meses, queda se acentua para -0,72%

De acordo com o índice FipeZAP, fevereiro registrou nova estabilidade no preço de venda de imóveis residenciais (-0,05%). Considerando a inflação esperada de 0,33% para fevereiro, de acordo o Boletim Focus do Banco Central, a pesquisa encerrou o segundo mês de 2018 com queda real no preço de venda de imóveis residenciais (-0,38%).

Segundo o índice, o comportamento dos preços residenciais não foi homogêneo entre as cidades monitoradas. Analisadas individualmente, oito das 20 cidades pesquisadas apresentaram queda nominal no preço médio, com destaque para Belo Horizonte (-0,41%), Niterói (-0,37%) e Distrito Federal (-0,36%). Já entre as 12 cidades que registraram aumento de preço no período, as maiores variações foram observadas em São Caetano do Sul ( 0,56%), Vila Velha ( 0,51%) e Florianópolis ( 0,34%).

Nos últimos 12 meses, o Índice FipeZAP aponta recuo (-0,72%) no preço médio dos imóveis residenciais. Nesse intervalo de tempo, nove das 20 cidades pesquisadas acumulam queda nominal no preço de venda, destacando-se: Rio de Janeiro (-4,99%), Distrito Federal (-2.67%) e Niterói (-2,65%). Por outro lado, entre as cidades que acumulam alta no preço médio de venda, apenas em Florianópolis ( 5,01%) a variação observada superou a inflação acumulada no período ( 2,87%). Com o resultado, o preço médio de venda de imóveis residenciais nas 20 cidades analisadas acumula queda real de 3,48% nos últimos 12 meses.

Em fevereiro, o valor médio de venda dos imóveis residenciais nas 20 cidades monitoradas foi de R$ 7.549/m². Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o m² mais caro do país (R$ 9.686/m²), seguida por São Paulo (R$ 8.703/m²) e Distrito Federal (R$ 7.814/m²).

Já as cidades com menor valor médio por m² foram Contagem (R$ 3.510/m²), Goiânia (R$ 4.113/m²) e Vila Velha (R$ 4.674/m²).




Fonte: ZAP em casa






Últimas notícias
 20/09/18 - Mudança no crédito imobiliário beneficia comprador, só em 2019
 20/08/18 - Investir em imóveis:
 14/08/18 - Venezuelanos ricos são responsáveis por boom imobiliário Espanhol
 25/07/18 - Fazenda avalia que projetos de lei vão ajudar a inibir distratos
 10/07/18 - Recomenda-se revisar as clausulas do contrato de financiamento?
 05/07/18 - Por que esta é uma boa hora para comprar imóvel
 05/07/18 - Fazenda avalia que projetos de lei vão ajudar a inibir distratos
 06/06/18 - São Paulo tem novas regras para o uso de portões automáticos.
 24/05/18 - Exercite boas práticas para economizar energia elétrica
 30/04/18 - Aprenda como reduzir o valor do condomínio
 30/04/18 - Pequenas economias cotidianas com foco na compra da casa própria
 27/04/18 - SP deixa de ser um dos mercados imobiliários mais frios do mundo
 25/04/18 - Novas regras de financiamento aquecem o mercado imobiliário
 19/04/18 - Expositores do Salão Imobiliário de Portugal de 2018 aumentam 27%
 17/04/18 - O que muda no financiamento da Caixa após a queda dos juros
 13/04/18 - Qual o futuro do mercado imobiliário?
 11/04/18 - Caixa vai baixar juros imobiliários em abril, diz novo presidente
 03/04/18 - SP deixa de ser um dos mercados imobiliários mais frios do mundo
 28/03/18 - O comportamento do consumidor e o mercado Imobiliário
 21/03/18 - Aprenda a fazer um ar-condicionado caseiro
 21/03/18 - A documentação necessária para comprar imóvel com segurança
 21/03/18 - Posso transferir o financiamento de um imóvel para outra pessoa?
 21/03/18 - Novo golpe no mercado imobiliário: aprenda a se resguardar
 20/03/18 - A importância da brigada de incêndio em condomínios
 19/03/18 - Como declarar aluguéis no Imposto de Renda 2018
 16/03/18 - Conheça algumas hashtags para o Corretor usar nas redes sociais
 16/03/18 - Após período de recessão, mercado imobiliário se recupera em 2018
 12/03/18 - Preços de venda de imóveis residenciais ficam estáveis
 12/03/18 - Crise brasileira x bolha imobiliária americana: Veja a diferença
 09/03/18 - Mercado dá como certo que taxa básica de juros cairá para 6,5%